PLAY DA NOSSA RÁDIO

sexta-feira, 11 de março de 2016

Fundador do PSDB diz que pedir prisão de Lula foi 'exagero' e critica oposição do 'quanto pior melhor'

Líder do governo Fernando Henrique Cardoso na Câmara dos Deputados (1998-2002) e coordenador do programa de governo de Aécio Neves (PSDB) nas eleições de 2014, o ex-deputado Arnaldo Madeira considerou "exagerado" o pedido de prisão contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
Para Madeira, o pedido, feito na quinta-feira pelo MP-SP, ajuda a "dividir" a sociedade e "a vitimizar Lula, como queria o PT".
Fundador do PSDB, ele também defende que o partido faça, neste momento de crise política e econômica, uma crítica "programática", focada em ideias, não a oposição do "quanto pior melhor" — com a qual, segundo ele, alguns de seus correligionários teriam flertado em 2015.
"Não sou jurista para ter avaliação técnica, mas me parece que pedir a prisão preventiva [do Lula] foi um pouco exagerado da parte dos promotores. O Lula, a que tudo indica, realmente precisa ser investigado. Mas você imagina ele fugindo para o exterior? Acho que ninguém imagina", disse Madeira em entrevista à BBC Brasil.'

OPERAÇÃO LAVA JATO

Nenhum comentário:

Postar um comentário